Profissional de Proteção Catódica de Estruturas Terrestres

A certificação de Profissionais de Proteção Catódica de Estruturas Terrestres Nível 1 é realizada pelo Sistema Nacional de Qualificação e Certificação em Corrosão e Proteção conforme a norma ABNT NBR 15653. Sendo assim, as atividades exercidas pelos profissionais, os níveis de certificação e outras informações relacionadas à qualificação e certificação de Profissionais de Proteção Catódica de Estruturas Terrestres, se encontram descritas na norma ABNT NBR 15653.

Nota: Para adquirir a norma ABNT NBR 15653, entre em contato com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que é o órgão responsável pela comercialização de normas brasileiras. Acesse: www.abnt.org.br

Para mais informações sobre o processo de qualificação e certificação de Profissionais de Proteção Catódica de Estruturas Terrestres, consulte o “Guia do Candidato – Profissional de Proteção Catódica de Estruturas Terrestres” (disponível na página “Documentos para download”).

Como obter a certificação

As etapas do processo de certificação do SNQC-CP encontram-se descritas a seguir:

1) Envio de documentação

Para se candidatar aos exames de qualificação do SNQC-CP, o candidato deve enviar por e-mail (snqc@abraco.org.br) a seguinte documentação para análise:

a) Formulário para Solicitação de Exame de Qualificação, Recertificação e Reexame (RQ 007) devidamente preenchido e assinado;

b) Código de Conduta e Ética (RQ 004) preenchido e assinado;

c) Termo de Responsabilidade (RQ 005) preenchido e assinado;

d) Cópia do documento de identificação com foto (RG, carteira de Conselho de Classe, carteira nacional de habilitação ou passaporte);

e) Cópia do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). Caso o número do CPF do candidato conste no seu documento de identificação não será exigida a cópia do CPF;

f) Cópia do certificado de treinamento na norma regulamentadora NR-10, conforme descrito no “Guia do Candidato – Profissional de Proteção Catódica de Estruturas Terrestres” (disponível na página “Documentos para download”).;

g) Cópia do comprovante de escolaridade (diploma, certificado de conclusão de curso ou carteira de Conselho de Classe). Não são aceitas declarações;

h) Foto do tipo 3×4 recente (digitalizada);

i) Cópia dos documentos comprobatórios da experiência profissional mínima exigida, conforme descrito guia do candidato.

Formas de comprovação da experiência profissional:

a) Empregado: cópia da carteira profissional comprovando vínculo empregatício e declaração em papel timbrado da empresa com carimbo de CNPJ, especificando as atividades desenvolvidas na empresa (enviar as cópias das páginas de identificação com foto, qualificação civil, contratos de trabalho e páginas de mudança de função, caso tenha ocorrido, + declaração de atividades, de acordo com o Modelo de Declaração de Experiência Profissional do SNQC-CP);

b) Autônomo: cópia do contrato de trabalho ou do RPA com recolhimento comprovado do INSS e a declaração em papel timbrado da empresa com carimbo de CNPJ (contrato + declaração de atividades, de acordo com o Modelo de Declaração de Experiência Profissional do SNQC-CP);

c) Empregado próprio: cópia do contrato social da empresa e declaração em papel timbrado da empresa com carimbo de CNPJ (contrato social + declaração de atividades, de acordo com o Modelo de Declaração de Experiência Profissional do SNQC-CP).

 

Orientações para o envio da documentação:

A documentação acima deve ser enviada para o e-mail snqc@abraco.org.br, atentando para o atendimento das seguintes orientações:

– um arquivo por tipo de documento (exemplo: um arquivo do formulário de solicitação do exame de qualificação, um arquivo do código de conduta e ética, um arquivo do atestado de acuidade visual, um arquivo do documento de identificação, um arquivo do comprovante de escolaridade, um arquivo da carteira de trabalho + declaração, entre outros);

– os documentos devem se encontrar completos, legíveis e no formato do tipo pdf (exceto foto 3×4 que poderá ser enviada no formato de imagem – jpg).

OBS: Ressaltamos que o recebimento de documentação para o Setor de Certificação ocorrerá apenas pelo e-mail snqc@abraco.org.br.

 

Acompanhamento da análise de documentação:

O candidato poderá acompanhar o recebimento, os prazos e o status da análise de sua documentação pela página “Análise de documentação”.

 

2) Pagamento

Após o envio e aprovação da documentação, o Bureau de Certificação encaminhará ao candidato boleto bancário para o pagamento do exame de qualificação. Consulte em Valores e Taxas os valores cobrados nos exames de qualificação. O boleto bancário será enviado para a área restrita do candidato, onde o mesmo terá acesso por meio de seu login (CPF) e senha.

 

3) Agendamento do exame de qualificação

Após o pagamento do boleto bancário pelo candidato, o Bureau de Certificação agendará no CEQ solicitado a data de realização do exame de qualificação. O exame será agendado conforme disponibilidade do CEQ e número de candidatos inscritos para o CEQ. O Bureau de certificação enviará ao candidato comunicado por escrito com a data agendada para a realização dos exames.

 

4) Realização dos exames teóricos e práticos

O candidato deve realizar os exames teóricos e práticos de qualificação definidos na respectiva norma de qualificação e norma ABRACO-001 (disponível na página “Documentos para download”).

OBS:

  1. Os exames de qualificação são aplicados pelos Centros de Exames de Qualificação (CEQ) reconhecidos pelo Sistema Nacional de Qualificação e Certificação em Corrosão e Proteção.
  2. Antes da realização dos exames, recomenda-se que o candidato leia atentamente os documentos de instrução aos candidatos para o exame de qualificação de sua ocupação.
  3. O profissional reprovado no exame de qualificação pode solicitar a realização de até dois reexames, conforme norma ABRACO 001, devendo realizar o pagamento relacionado ao referido reexame. O prazo para conclusão do processo é de 12 meses, a partir da data de realização do primeiro exame.
  4. No caso dos exames práticos de Profissional de Proteção Catódica de Estruturas Terrestres Nível 1 (exames de qualificação e reexames), estas provas não poderão ser realizadas nas seguintes situações: condições climáticas adversas (chuva e ocorrência de descargas elétricas); emergência ou interrupção do fornecimento de energia elétrica no campo de aplicação dos exames práticos. Nestes casos, o exame prático será reagendado para uma nova data e os custos de retorno para a execução das provas serão de responsabilidade do candidato.

 

5) Emissão de certificado

Em caso de aprovação nos exames de qualificação, o Bureau de Certificação emitirá o certificado e a carteira de identificação do profissional, de modo a formalizar a certificação obtida pelo mesmo.